Carregando..

Notícias

16-Dec-2020 Sorteio da Liesa tem troca-troca e Martinho da Vila encerrando p
Carnaval do Rio de Janeiro
Sorteio da Liesa tem troca-troca e Martinho da Vila encerrando p

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) realizou na tarde desta segunda-feira (14) o sorteio para definir a ordem dos desfiles. A novidade, além da época de ocorrência do sorteio – tradicionalmente realizado no meio do ano – é a data do próximo Carnaval. Caso haja segurança sanitária, as escolas se apresentação nos dias 11 e 12 de julho de 2021. O encerramento da possível festa fora da época ficará a cargo de Martinho da Vila. A azul e branca de Noel tirou a posição desejada pela maioria das escolas de samba: será a última a desfilar na segunda-feira de Grupo Especial. A última vez que a Vila passou pela Avenida fechando o segundo dia foi em 2013, quando venceu a disputa. A curiosidade é que seu outro título, de 1988, aconteceu na mesma posição de desfile: 6ª escola de segunda-feira. A diferença é que a agremiação não encerrou. Como foi o sorteio A Liesa reuniu os presidentes das 12 agremiações do Grupo Especial para sortearam a posição de desfile. Somente 10 escolas participaram do sorteio, já que Imperatriz (por ter subido da Série A) e Paraíso do Tuiuti (por ter ficado na antepenúltima colocação) já tinham data de desfile definida. No primeiro momento, as agremiações foram ao globo disputar, com seu pares, quem tirava a bola maior. A escola que ficasse com o maior número escolheria o dia de desfile – todas escolheram segunda. Os pares respeitaram a classificação do último Carnaval e foram os seguintes: Viradouro x Grande Rio – Grande Rio venceu Mocidade x Beija-Flor – Mocidade venceu Salgueiro x Vila Isabel – Vila Isabel venceu Mangueira x Portela – Portela venceu Tijuca x São Clemente – Tijuca venceu + Reveja o sorteio da ordem dos desfiles de julho de 2021 Com os dias definidos, as escolas voltaram ao globo para marcar posição. Após a segunda etapa, as agremiações tiveram cerca de 10 minutos para troca. A São Clemente, que havia caído para fechar o domingo de Carnaval, foi cobiçada por Salgueiro (2ª posição), Mangueira (3ª posição) e Beija-Flor (4ª posição). Depois de negar as duas primeiras, topou trocar com a azul e branca, que pela 4ª vez em cinco anos encerrará um dos dias de desfiles. Sem sucesso com a São Clemente, Mangueira e Salgueiro trocaram entre si por questões de preferência de concentração – números pares ficam no Balança; ímpares, Correios. Na segunda, também por lado de concentração, Mocidade trocou com a Tijuca. Confira a ordem de desfiles: DOMINGO (11 DE JULHO) 1 – Imperatriz 2 – Mangueira 3 – Salgueiro 4 – São Clemente 5 – Viradouro 6 – Beija-Flor SEGUNDA-FEIRA (12 DE JULHO) 1 – Paraíso do Tuiuti 2 – Portela 3 – Mocidade 4 – Tijuca 5 – Grande Rio 6 – Vila Isabel  

Leia Mais ..
08-Dec-2020 Com o Carnaval no inverno, as escolas reinventar fantasias mais
Carnaval do Rio de Janeiro
Com o Carnaval no inverno, as escolas reinventar fantasias mais

Sabemos que no Rio o invernos não é rigoroso, mas há dias frios. Em uma situação atípica, devido à pandemia da Covid-19, o desfile da escolas de samba do Grupo Especial pode acontecer nos dias 10 e 11 de julho de 2021. Se a data for confirmada, será a primeira vez em 89 anos que o carnaval oficial não é realizado no verão. Os artistas que realizam o espetáculo já começam a pensar nos materiais que serão usados. Alguns carnavalescos estão até gostando da data inusitada. Com a possibilidade de temperaturas mais amenas e até de fazer frio, as queixas dos componentes em relação ao calor provocado pelas fantasias devem diminuir. Tecidos temidos por integrantes das escolas, como pelúcia e veludo, já estão na lista para confecção de figurinos ainda mais elaborados. Materiais que, segundo alguns carnavalescos, têm grande apelo visual. Os corpos quase desnudos, uma das marcas do carnaval do Rio, estão garantidos. Pelo menos é o que diz a rainha de bateria da Portela, Bianca Monteiro, de 32 anos, disse que não vai cobrir mais o corpo por causa do frio. — Já enfrentei temperaturas baixíssimas no carnaval da cidade de San Luis, na Argentina, e mesmo assim não mudei a fantasia. Algumas pessoas passaram mal durante o desfile. O frio do Rio não assusta ninguém. Alem disso, é só sambar para esquentar o corpo. Na hora do desfile a adrenalina é tão alta que nem frio nem calor incomodam — diz Bianca. O carnaval carioca tem bem menos nudez que nas décadas passadas, mas ainda tem muito bumbum de fora. O carnavalesco Alexandre Louzada, da Beija-Flor, brincou: — Vamos ver muitos corpos morenos arrepiados no alto dos carros alegóricos. E não será de emoção. É frio mesmo. O carnavalesco Alexandre Louzada já está no batente. Para ele, fazer um desfile para o inverno tem vantagens: — Julho é um mês em que pode fazer frio, mas costuma ser seco. Tememos sempre as chuvas torrenciais do verão carioca. Além disso, com as temperaturas mais baixas, as queixas dos componentes irão diminuir. É sempre um grande trabalho usar materiais alternativos para amenizar o calor. No enredo que fala do orgulho e da representatividade negra, poderei usar a pelúcia, material que eu gosto, mas evito. A realização do maior evento da mundo depende da vacinação da grande população carioca, a expectativa é grande para que  a festa aconteça ainda este ano.

Leia Mais ..
01-Dec-2020 Escolas de samba definem datas para desfiles na Sapucaí
Carnaval do Rio de Janeiro
Escolas de samba definem datas para desfiles na Sapucaí

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) bateu o martelo Depois de definir que o Carnaval 2021 será em julho, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) bateu o materno e fechou o calendário dos desfiles, segundo fontes da coluna. As escolas do Grupo de Acesso desfilarão na Marquês de Sapucaí nos dias 9 e 10 de julho. Já o Grupo Especial, em 11 e 12 de julho. A apuração que revelará a campeã está marcada para 14 de julho.  O tradicional desfile das Campeãs acontecerá no dia 17 de julho. Como já noticiado pela coluna, durante reunião da Liesa, ficou definido que a festa dependerá da vacina contra o coronavírus e que seguirá todas as medidas de segurança sugeridas pela Organização Mundial de Saúde. O formato será tal qual aconteceria em fevereiro: novo enredos, grandes alegorias e a tradicional disputa para ver quem é rebaixada e quem é declarada campeã.

Leia Mais ..
26-Nov-2020 Liesa marca desfiles do Rio para julho
Carnaval do Rio de Janeiro
Liesa marca desfiles do Rio para julho

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) definiu a data dos desfiles das agremiações em 2021.  As escolas do Grupo Especial marcaram suas apresentações para os dias 10 e 11 de julho — caso a vacina contra a covid-19 seja disponibilizada até lá. O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, afirmou que as escolas aguardam outras definições com os parceiros da festa, como a TV Globo e o Governo do Rio de Janeiro.   Segundo ele, “Nós estamos trabalhando para ver as condições básicas de conseguir realizar o evento em julho. “Continuaremos em reunião permanente, sabendo da vontade das escolas de fazerem o espetáculo em julho, dependendo, claro, da vacina, Agora vamos caminhar com os outros passos: buscar escolha de samba, obviamente no tempo certo, fazer o sorteio. Se tivermos vacina e imunização em julho, as escolas estão prontas, afirmou o presidente da Liesa Castanheira.

Leia Mais ..
21-Apr-2020 Chopp não integra mais a comissão de Harmonia da Portela
Carnaval do Rio de Janeiro
Chopp não integra mais a comissão de Harmonia da Portela

Sidney Machado, o popular Chopp, um dos mais experientes e vitoriosos diretores de Harmonia do carnaval, não fará parte da comissão que comanda o segmento na Portela para o Carnaval 2021. + Fique por dentro da ‘Dança das Cadeiras’ do Carnaval 2021 Após quatro desfiles na Azul e Branco, Chopp se despediu, nesta sexta-feira (20), publicando uma carta aberta nas redes sociais, em que diz que teve a “honra de defender o pavilhão de Oswaldo Cruz e Madureira”. No texto, o sambista informa, ainda, que “chegou a hora de colocar as asas da águia nos ombros e levantar voo”. Na parte final da mensagem, além de agradecer a todos da agremiação pela parceria, Chopp destaca que tem a “certeza do dever cumprido”. O presidente Luis Carlos Magalhães fez questão de reverenciar o veterano sambista. “Chopp é o samba. E Portela e o samba estarão sempre juntos”, afirmou.

Leia Mais ..